Zip'Up: Se Você Não Vem Comigo Nada Disso Tem Valor

Mauricio Parra

21/Nov/2019 – 11/Jan/2020

Voltar a lista de exposições

Press Release

A partir do dia 21 de novembro, as paisagens do artista Mauricio Parra tomam o espaço do programa Zip’Up. A exposição individual “Se Você Não Vem Comigo Nada Disso Tem Valor”, com curadoria de Renato De Cara, reúne uma parcela da produção recente do artista, que revela sua obstinação por observar, ler e reler a paisagem natural. São 45 pinturas em madeira, em pequeno formato, que compõem um painel em que predomina as relações entre experiência, lugar, contemplação e memória afetiva.


A pintura de observação direta acompanha o artista desde o início de sua produção; desde 2017, o objeto desta observação passou a ser majoritariamente a paisagem. Muitas vezes, Mauricio Parra revisita as mesmas paisagens para, a partir das mesmas perspectivas, produzir registros diferentes. Em outros casos, produz a partir de pinturas já realizadas, como se buscasse neste ato de repetição o lugar na memória na produção pictórica. A este processo ele dá o nome de “observação indireta da paisagem”.


Emprestado de um verso da canção “Além do Horizonte”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos, o título da exposição amarra a dimensão afetiva na produção do artista. “Estas pinturas remetem ao campos do cuidado e do afeto. Veja nelas relações de amizade, amor, carinho. Da preparação dos materiais e suportes à finalização da pintura, tudo é ao mesmo tempo criterioso e emotivo”, diz Mauricio Parra. “Se Você Não Vem Comigo Nada Disso Tem Valor” fica em cartaz até 11 de janeiro de 2020.


Idealizado em 2011, um ano após a criação da Zipper Galeria, o programa Zip’Up é um projeto experimental voltado para receber novos artistas, nomes emergentes não representados por galerias paulistanas. O objetivo é manter a abertura a variadas investigações e abordagens, além de possibilitar a troca de experiência entre artistas, curadores independentes e o público, dando visibilidade a talentos em iminência ou amadurecimento. Em um processo permanente, a Zipper recebe, seleciona, orienta e sedia projetos expositivos, que, ao longo dos últimos oito anos, somam mais de cinquenta exposições e cerca de 70 artistas e 30 curadores que ocuparam a sala superior da galeria.


Sobre o artista


Mauricio Parra (São Paulo, 1976) é formado em Arquitetura e Urbanismo pela Unitau. Utiliza-se das técnicas da pintura a óleo, da gravura em metal para representar o universo de interesse de seu olhar. Freqüentou os ateliês de artistas como Rubens Matuck, com quem aprendeu sobre suportes, pintura a óleo e aquarela, o ateliê de gravura do museu Lasar Segall, onde se aprofundou no aprendizado das técnicas de gravura em metal, e o ateliê do mestre impressor Roberto Grassmann. Participa de exposições e salões dentro e fora do Brasil desde 2006. Em 2007, recebeu Premio especial na 3ºBienal de Nacional Gravura de Atibaia. Em 2009, recebeu menção Honrosa na Internacional Small Engraving Salon, na Romênia e no mesmo ano o premio de Jovens Artistas realizado pelo Espaço Cultural Citi Bank. Realizou residências em Gludsted (Dinamarca, 2013), em Marianowo (Polônia, 2015) e no Mosteiro Zen, no Morro da Vargem (Brasil, 2018). Como resultado das residências, fez duas exposições na Galeria Mezanino, SP. “Memórias do sol as 21h30” em 2014 e “Um Verão em Marianowo” em 2015 e “A Vista do Morro” na OÁ Galeria em Vitória, ES, em 2018. Em 2016, realizou a exposição individual “A ausência é um estar em mim” na Galeria Mezanino. Em 2018, participou da Coletiva EscapLand na Galeria Marta Traba no Memorial da América Latina. E, em 2019, realizou a exposição individual “Paisagem, Tempo e Memória”, na OÁ Galeria, em Viória, ES.


Sobre o curador


Renato De Cara (Lins, 1963) é curador independente, crítico de arte e gestor cultural especializado em estética contemporânea. Foi diretor e curador da Galeria Mezanino de 2006 a 2018. Dirigiu o Departamento de Museus da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo entre 2017 e 2019. Atualmente, é consultor e curador de arte da Galeria Virgíiio e do B_arco Centro Cultural. Também responde pelas relações curatoriais e coleções para o mercado da arte global na plataforma digital Artboom.

Texto crítico

Em breve.

Catálogo