ARTISTA

Felipe Morozini

Felipe Morozini
  • É tudo verdade. Num prédio da Avenida São João, em São Paulo, um homem de corpo dourado e cabelos grisalhos todos os dias senta-se na varanda para olhar uma coleção de relógios. No outro prédio, todas as manhãs uma mulher bate bifes com um martelo de carne, no mesmo ritmo do sexo bruto que vive todas as noites. Um cachorro toma sol numa varanda cujo piso é trocado frequentemente: de ardósia para lajota para cimento. Um homem jovem numa janela segura uma câmera e diariamente invade em zoom a vida dos vizinhos, registrando esses hábitos e mazelas. Depois, analisa as imagens e acha pedaços de poesia inintencionais. Amplia então a fotografia de uma mulher nua, numa área de serviço cujas paredes são deliciosamente gastas pelo tempo. Ela segura um espelho, que reflete seu bico do seio. O acaso tem uma face erótica, revela a fotografia de Felipe Morozini. Que o artista tenha escolhido a luz, o dia em que roupas coloridas formavam uma curva na parede cinza, e tenha esperado o corpo da mulher repetir a linha escura vertical que centraliza a composição. Aceito. Mas não foi ele quem mirou o espelho para o mamilo no instante certo. Foi o acaso. Extrativismo estético auto-sustentável: o fotógrafo colhe migalhas do belo que existem naturalmente no mundo real.

    Voyeur, invasor, redentor da fealdade do campo urbano, Morozini admite a parceria com o acaso na construção do coeficiente de arte de suas fotografias. Como definido por Marcel Duchamp, "o coeficiente artístico é como que uma relação aritmética entre o que permanece inexpresso embora intencionado e o que é expresso não intencionalmente." Felipe Morozini, assim, trabalha como artista e espectador de sua obra: clica intencionalmente e depois amplia o que não foi intencional. Talvez seja essa a fórmula da beleza convulsiva de suas fotografias do cotidiano paulistano, como Noiva do Vento, uma sequencia de quadros na qual uma cortina branca escapa da janela e abre-se toda para os carinhos do vento, liberada.

    Felipe Morozini é bacharel em direito e há anos trocou a toga pela máquina fotográfica, com a qual desenvolve, além de seu trabalho artístico, fotografias para revistas e catálogos de moda. A cenografia é outro campo de atuação para esse artista que não sabia que era artista porque não acredita que existam não-artistas. Há arte nos gestos mais banais, na vida comum emoldurada pelas janelas que se debruçam para a Avenida São João.

    Paula Braga, 2010.

     

  • FELIPE MOROZINI
    São Paulo, Brasil [Brazil], 1975
    Vive e trabalha em [lives and works in] São Paulo, Brasil [Brazil]

    Formação [Education]

    2012
    .Fotografia [Photography] (Martin Parr). Paraty em Foco, Paraty, Brasil [Brazil]

    2006
    .Fotografia [Photography] (Bob Wolfenson). São Paulo, Brasil [Brazil]
    .Fotografia [Photography] (Caio Reisewitz). Festival de Arte Serrinha, Bragança Paulista, Brasil [Brazil]
    .Artes e Intervenção Urbana [Arts and Urban Intervention] (Luis Kac, Duva, Mario Ramiro). São Paulo, Brasil [Brazil]

    2002
    .Fotografia [Photography] (Gal Oppido). Museu de Arte Moderna de São Paulo, Brasil [Brazil]

    2000
    .Fotografia [Photography]. Academia Brasileira de Arte, São Paulo, Brasil [Brazil]

    1998
    .Direito [Law School]. Universidade Mackenzie, São Paulo, Brasil [Brazil]

    Exposições Individuais [Solo Exhibitions]

    2015
    .DOIS. Zipper Galeria, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2011
    .Primeira Individual Retrospectiva. Zipper Galeria, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2009
    .Jardim Suspenso da Babilônia. São Paulo, Brasil [Brazil]
    .Love Story. Plastik, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2008
    .Galeria Parede. Aktuell, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2007
    .Pequeno Pensamento Burguês. Garimpo, São Paulo, Brasil [Brazil]
    .Sensíveis. Festival de Arte Serrinha, Bragança Paulista, Brasil [Brazil]
    .Círculos Urbanos. Festival de Inverno de Bragança Paulista, Brasil [Brazil]

    2006
    .Duplicidades. Museu da Cidade de Bragança Paulista, Brasil [Brazil]

    2005
    .Graffiti S/A. Ellus Second Floor, Brasil [Brazil]
    .Mosaicópolis. São Paulo, Brasil [Brazil]; Rio de Janeiro, Brasil [Brazil]; Porto Alegre, Brasil [Brazil]

    Exposições Coletivas [Group Exhibitions]

    2012
    .Brazilian Modern: Icons and Innovation. Ampersand House and Gallery, Bruxelas [Brussels], Bélgica [Belgium]
    .Mostra São Paulo de Fotografia. São Paulo, Brasil [Brazil]
    .São Paulo Fashion Week. São Paulo, Brasil [Brazil]

    2010
    .Silêncio. Zipper Galeria, São Paulo, Brasil [Brazil]
    .Public Design Festival. Milão [Milan], Itália [Italy]
    .Milan Design Week. Milão [Milan], Itália [Italy]

    2009
    .Fundos. Galeria Mezanino, São Paulo, Brasil [Brazil]
    .Home Sweet Home. Galeria Mezanino, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2008
    .Festival della Criativitá. Florença [Florence], Itália [Italy]
    .Urban Space. Clemente Soto Velez Cultural Center, Nova York [New York], EUA [USA]
    .Sonhos. Galeria Mezanino, São Paulo, Brasil [Brazil]

    2007
    .FotoArte. Brasília, Brasil [Brazil]
    .7th Festival of Documentary. Novo Mesto, Eslovênia [Slovenia]
    .Urban Space. New Life Shop Gallery, Berlim [Berlin], Alemanha [Germany]

    2006
    .Olhares. Instituto de Cultura Italiana de Bragança Paulista, Brasil [Brazil]

    2001
    .KurtArts Novos Talentos. São Paulo, Brasil [Brazil]

     

  • exposições

SCROLL